Nagô Kóbi

O Nagô Kóbi (Revisado e aumentado)

O Nagô Kobí / Nàgó'kọ́bi/ Nàgó Kọ́bì se refere à nossa casa da raiz Kambina do Nagô Afro Sul, conhecida por Batuque, e não à uma nação.

Kobí é uma referência e uma homenagem da nossa raiz Kambina, de culto nagô, à casinha do Sàngó Kamuka que é construída no terreno do templo, em relação ao Kòbì, que é uma extensão construída do lado de fora do palácio do Alafin, em Oyó, para servir também como quarto e extensão do palácio.


Nos escritos sobre o Batuque, nossa casa foi a primeira a fazer esta referência, e nosso texto (https://goo.gl/T68kU4) foi o primeiro a usar a palavra Kòbì. Assim, a citação das palavras, kóbí e àkóbí refere-se a isto.


Etimologia

Kòbì - construção de uma extensão no palácio do rei ou do chefe para servir como um cômodo;

Kóbí - nascer primeiro;

Àkóbí - O primogênito;


SOBRE O NAGÔ (NÀGÓ)

Não existe uma nação nagô pura, porque nagô são todos os povos que falam a língua Yorùbá e cultuam Òrìṣà. Todas as raízes do batuque são nagôs, pois todas cultuam orixás e usam o idioma ioruba. Oió, Ijexa, Kambina, são todos nagôs.

Para saber mais sobre Nagô, veja ...

Aqui: https://goo.gl/aRjuit
Aqui: https://goo.gl/45HYGy
Aqui: https://goo.gl/QKLjTF
Aqui: https://goo.gl/q497Y6

Àse o!

Atualizado em 04/03/2017.